Fui adicionado no Tupixel!

Depois de descobrir o Tupixel através de um tweet hoje a tarde, me indiquei para a lista de ilustradores tupiniquins.

Com extrema velocidade, o Faoza respondeu meu email comunicando minha inserção na lista. E com a confirmação veio um release do site, que reproduzo abaixo.

Vale a pena conferir e divulgar este trabalho muito importante para todos nós.

Tupixel é uma ferramenta de auxílio para quem busca por desenhos feitos em terras tupiniquins.

Em seu banco de dados, o maior do gênero no Brasil, já se encontram mais de 1750 desenhistas, entre eles, grandes mestres do passado, profissionais dos mais diferentes estilos e iniciantes desta arte tão presente em nosso dia-a-dia através de jornais, revistas, livros, internet, embalagens, moda, peças publicitárias, histórias em quadrinhos, tv, cinema e demais mídias impressas e digitais.
Além da diversidade, o site Tupixel contempla um largo período: de Angelo Agostini, que residiu em São Paulo a partir de 1860 (reconhecido por pesquisadores como um dos pioneiros em âmbito mundial), até desenhistas “100% digitais” da atual geração.

Resultado de 12 anos de pesquisa do artista gráfico e ilustrador Faoza, o site não é uma lista fechada, Tupixel está aberto a receber colaborações, logo você pode indicar novos nomes e links pelo e-mail: [email protected]
Caso você seja desenhista (profissional ou iniciante) e ainda não estiver listado no site, envie um e-mail com nome, endereço do seu portfólio on-line e um desenho no formato JPG.
Agora deixemos as palavras de lado e vamos aos desenhos: Escolha uma letra no menu, clique na imagem do preview para ver a imagem completa e acesse o link para ver e saber mais do desenhista pesquisado.

Espero que a sua pesquisa seja tão prazerosa quanto foi, e ainda está sendo, a minha.
Faoza

Novidades nos parceiros de Tailer!

A grande maioria das pessoas que acompanham a série Tailer conheceu através de um dos sites parceiros que publicam as páginas da minha webcomic em seu espaço! Não me canso de agradecê-los pela oportunidade de divulgar meu projeto pessoal e independente.

E seguem abaixo algumas novidades da série em dois deles.

Tailer chega às 100 páginas no MushiComics

Dois dias depois de publicar a última página do capítulo nove de Tailer no MushiComics o Mushi, editor do site, percebeu que ela era a centésima página da série publicada ali!

Tailer é a segunda webcomic independente do site a atingir esse número de páginas (a primeira foi Hime-Sama da Wa-chan) e se depender de mim quebrará a barreira dos 200!

O MushiComics é um site que publica diariamente páginas de histórias em quadrinhos online (webcomics) independentes de autores nacionais, hoje conta com mais de 2500 páginas publicadas. O site é totalmente independente e conta apenas com o esforço e a força de vontade do meu amigo Mushi para se manter. Visite e deixe seu comentário por lá!

Lançamento de Tailer #8 no NHQ!

A cerca de dez dias o NHQ saiu do ar, mas por um bom motivo: o site está sendo totalmente reformulado.

“E quanto ao site estar fora do ar, é devido a troca de servidor que estamos tendo, as HQs ficarão hospedados no MediaFire e assim facilitaremos para o Top10, que agora é para ficar muito mais organizado.

Provavelmente tentaremos estar de volta com novidades sobre o site em breve. Estamos querendo dar uma nova cara para a NHQ, e portanto, pode ser que o site fique fora por uma ou duas semanas.”

Mesmo assim, toda semana tem um lançamento por lá e nesta quarta-feira chegou a vez do capítulo oito da série Tailer! Segundo o editor do site, em agosto será a vez do capítulo nove!

Assim como o MushiComics, o NHQ é um site independente que publica quadrinhos brasileiros de diversos autores e estilos. As publicações são semanais e a leitura é feita com o software CDisplay Comic Reader, disponível para download no próprio NHQ.

Xampu: Lovely Losers de Roger Cruz

Não pude deixar de ficar feliz ao ver a divulgação de um novo trabalho do grande desenhista Roger Cruz. História em quadrinhos nacional e, aparentemente, de MUITA qualidade.

Segue abaixo a matéria completa do site UOL Entretenimento. No mesmo site tem uma galeria com várias imagens da HQ, vale a pena conferir.

Lançamento da editora Devir, “Xampu: Lovely Losers” é o primeiro de uma série de três álbuns escritos e desenhados pelo quadrinista brasileiro Roger Cruz, conhecido por emprestar seu traço à série “X-Men”. Nesta HQ, o autor se propõe a dividir experiências e angústias vividas na juventude, em histórias que falam sobre amizades, sonhos e frustrações.

No texto do informativo oficial do livro, o próprio autor esclarece como surgiu a ideia para a produção do álbum: “Entre o final dos anos 80 e o início dos anos 90, um pequeno apartamento na zona norte de São Paulo estremecia com o falatório, a gritaria, o tilintar de copos e garrafas e o volume no talo do aparelho de som 3 em 1. Embaralhadas com sons de guitarras, bateria e baixo, as palavras eram quase adivinhadas enquanto saíam, entre tragadas e goles, pelas bocas fumacentas. A todo instante, novos maços de cigarro, álcool e discos de vinil eram adicionados à combustão que ardia noite adentro. E tudo se repetia no fim de semana seguinte. Alguns voltavam e vinham com amigos que traziam amigos e outros voltavam no mês seguinte. Alguns demoravam a voltar e alguns não voltavam. Até que ninguém mais voltou. Eu também não voltei. Mas ainda me lembro de muitas coisas e conversei com várias pessoas. Agora, tudo o que eu sei sobre algumas delas está neste livro. Lembranças dos distantes anos 80.″

Para reconstruir este mosaico de memórias, Cruz  centra-se em personagens como a desejada garota Nicole, uma escorpiana linda que cursava o primeiro ano de Química na USP e que gostava de Sombra, vocalista da banda de hard rock “The Suckers”. Ele, no entanto, não estava nem aí para o interesse dela. Após o fim da relação de ambos, ganha força a figura de Max, que ampara a garota e torna-se íntimo dela.

Durante as 80 páginas da narrativa, o leitor facilmente se impressiona com o traço ágil e de muita personalidade de Cruz, dotado de detalhes e expressões realistas. Já as referências gráficas a elementos arquitetônicos e rotineiros da capital paulista, como bares, becos e até pichações nos muros e paredes de banheiros dão fidelidade regional à trama.

“Xampu: Lovely Losers” prova que, além de ilustrador, Roger Cruz também é um brilhante roteirista e contador de histórias.

“Xampu: Lovely Losers”

Autor: Roger Cruz
Editora: Devir
Páginas: 80
Preço: R$ 29,50