Snapshots das páginas de quadrinhos de Tailer

Estou sempre publicando algumas fotos das páginas em produção da HQ Tailer. Sempre que estou desenhando tiro fotos de alguns quadros ou da página inteira para mostrar a produção aos meus seguidores nas redes sociais.

Vou aproveitar e colocar algumas destas imagens aqui no blog para vocês verem como está ficando essa nova versão de Tailer.

A photo posted by Marcus Beck (@beckenkamp) on

A photo posted by Marcus Beck (@beckenkamp) on

A photo posted by Marcus Beck (@beckenkamp) on

A photo posted by Marcus Beck (@beckenkamp) on

A photo posted by Marcus Beck (@beckenkamp) on

A photo posted by Marcus Beck (@beckenkamp) on

A photo posted by Marcus Beck (@beckenkamp) on

A photo posted by Marcus Beck (@beckenkamp) on

Projeto: Digimon pra todos

digimon-pra-todos

É com prazer que anuncio o início da publicação das ilustrações do projeto Digimon pra todos! Segue o release.

“Motivados pela nostalgia da infância unimos 103 artistas empolgados a viajar no tempo, mais especificamente 1999, e revisitar uma das febres da época: Digimon Adventure! Criado Akiyoshi Hongo a série é sucesso até hoje, e deixou crianças do mundo inteiro vidradas na TV todos os dias! Exibida por aqui na falecida TV Globinho conquistou o Brasil ! Por isso cada um dos artistas convidados emprestou sua força e traços para ilustrar cada um dos digimonstros e digiescolhidos que surgiram na primeira temporada da série !São 103 artes lindas que serão postadas diariamente por aqui! Fiquem ligados que tem muito trampo incrível!

Não chorem , até aquele digimonstro que só você deve lembrar vai pintar por aqui, a lista tá completíssima, tem Digimon Pra Todos!

Um projeto idealizado por Bruno Darwich, Archiri Usagi e Julio Almeida, com o apoio da Ilustrativo, não possui fins lucrativos e visamos apenas a diversão e nostalgia!”

Eu colaborei com a ilustração do Mugendramon que você pode conferir abaixo. Também tem duas imagens do making of da minha arte.

mugendramon by marcus beckmugendramon-artefinal mugendramon-lapis

Primeiro trabalho com aquarela

Finalmente minha primeira experiência com aquarela. Foi muito divertido experimentar, mas também frustrante… não ter domínio do material e principalmente da mistura das cores fez com que eu perdesse horas de trabalho em uma primeira tentativa. Claro que valeu como experiência.

Resolvi não desistir e recomecei. Acabei por ficar satisfeito com o resultado deste e por isso estou postando por aqui. Ainda tenho muito caminho pela frente. E continuo procurando por aulas de aquarela pela cidade…

Este desenho foi uma encomenda de um amigo para dar de presente para sua mãe.

Versão maior no DeviantArt

Materiais

– Folha Canson A4 300 g/m2
– Lápis 2H Cretacolor e 6B Faber-Castell
– Nanquim preto Winsor & Newton
– Cotman WaterColours Winsor & Newton (Sketchers’ Pocket Box)
– Pincel que veio no item de cima e um Condor Filete Marta nº0
– Água da torneira…

Making Of

Fanart: Gambit & Rogue

Gambit e Vampira

Fanart dos meus personagens preferidos dos X-Men dos anos 90. Tanto na versão animada clássica como nos quadrinhos nas revistas Fabulosos X-Men e X-Men da segunda metade da década de 90.

Essa arte foi feita sem referências dos personagens e suas roupas, foi tudinho de cabeça. Achei mais interessante pois não me prendi a nenhum estilo específico e pude dar minha própria visão da aparência dos dois.

Versão maior no meu DeviantArt

Materiais

– Folha A4 90g/m2
– Pincel Condor 408 n0
– Nanquim W&N Preto
– Lapiseira Pentel 0.9

Making Of

Gambit and Rogue - Arte Final

Gambit and Rogue - Sketch

Copics e Nanquim

Primeira tentativa de trabalhar com arte-final à pincel e nanquim e cores com marcadores Copic. No final eu até gostei do resultado (apesar de brigar com o scanner de novo). Mas ainda preciso de MUITO treino pra melhorar a técnica de marcadores…

Versão maior na minha galeria do DeviantArt.

Materiais

– Lapiseira Pentel 0.9
– Pincel Condor 408 n0
– Nanquim Winsor & Newton preto
– Copic Original (Kit Warm Gray)
– Papel A4 90g/m2

Making Of

Esta ilustração surgiu do nada, sem referências e sem ideias diferentes. Apenas um rabisco em uma folha A4 porque o bloco de rascunhos tinha terminado e não tive tempo de comprar. No final acabei gostando e aproveitando o rascunho para praticar a arte-final com pincel e a técnica dos marcadores.

Garota do coque

Ilustração feita ontem do final da tarde até a noite. Utilizei uma foto como referência para o traço a lápis no bloquinho de rascunhos e a partir dela fiz o resto numa folha A4.

Estava indo bem até começar a inventar hachuras com o bico-de-pena… aí achei que tinha estragado tudo. Foi então que resolvi usar a técnica de aguada para por tons de cinza no desenho, para ver se ficava melhor. O problema é que o papel era de 90 g/m² e então a coisa fica mais complicada.

No final resolvi experimentar um brush de Photoshop novo (que eu já havia tentado em outra ilustração que nem cheguei a postar aqui no blog) apenas para dar cores à coisa toda. E esse Frankenstein surgiu pouco depois da meia-noite de ontem pra hoje.

O importante é que me diverti e pratiquei mais com meus materiais preferidos.

Versão maior no meu DeviantArt.

Materiais

– Pincel Condor 408 nº 0
– Pincel vagabundo nº 2 e nº 8
– Nanquim Winsor & Newton preto
– Lápis Austria 160 Cretacolor 2H
– Folha A4 90g/m2
– Água
– Photoshop CS5

Making of

Sketch no bloquinho de rascunhos.

Love hug

Depois de um tempinho sem mandar nada pra cá, segue mais uma ilustra! Mais uma vez ela foi indo de pouquinho em pouquinho até que finalmente ficasse pronta.

Gostei muito de fazer o cabelo da menina e a barba do rapaz com o pincel, foi muito divertido. Acredito que melhorei um pouco o meu domínio do pincel agora.

Nessa desenho eu não usei bico de pena.

Versão maior no meu DeviantArt.

Materiais

– Pincel Condor 408 n0
– Pincel vagabundo n2
– Nanquim Winsor & Newton preto
– Lápis Austria 160 Cretacolor 2H
– Folha A4 90g/m2

EDIT: Making Of

Making Of Tailer #10

Enquanto eu estava produzindo a página quatro do décimo capítulo da série Tailer resolvi tirar algumas fotos do processo que costumo utilizar.

Primeiro o thumbnail em tamanho pequeno de como a página vai ficar. Como tenho o péssimo hábito de não escrever o roteiro antes, esse é literalmente o primeiro passo da produção. Pra aproveitar um pouquinho, segue um quase spoiler da próxima página ali do lado…

Em seguida vem a arte em si, o lápis da página. Como da para ver na foto, é feito com lapiseira, régua e borracha.

Agora é a vez da Stabilo entrar em ação. Faço a arte-final sobre o lápis diretamente.

Então preciso passar a borracha para apagar o traço a lápis e depois preencher os grandes espaços em preto.

Depois é hora de digitalizar a arte e fazer a edição no Photoshop. Não passo muito tempo editando, limpo a imagem, mexo no brilho e contraste e adiciono alguns poucos tons de cinza.

Finalizo adicionando as letras com a fonte A.C.M.E Secret Agent e salvo em JPG com largura de 600 pixels, mas sempre mantenho o original em alta resolução bem guardado.

É isso aí. Um processo simples, mas que me consome certo tempo. O resultado final pode ser visto aqui.

Espero que tenham curtido a brincadeira.